Apple aprova aplicativo homofóbico para iPhone

Segundo o site Macworld, ativistas pelos direitos homossexuais estão ‘enfurecidos’ com a recente aprovação da Apple de um polêmico aplicativo para iPhone de um grupo religioso que diz buscar “a liberdade da homossexualidade pelo poder de Jesus Cristo”. Para serem oferecidos na App Store, os programas passam pelo processo de aprovação da empresa de Steve Jobs, que tem poder de veto.

Responsável pelo app, o grupo chamado Exodus International acredita que a homossexualidade é essencialmente um distúrbio que precisa ser tratado com métodos religiosos. “(Exodus International) usa táticas de medo, desinformação, estereótipos e distorções da vida LGBT para recrutar clientes”, afirma a organização pelos direitos homossexuais Truth Wins Out, que iniciou recentemente uma petição online no Change.org pedindo para a Apple retirar o app de sua loja. A petição já tem mais de 80 mil assinaturas e não para de crescer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.