CARTA ABERTA AOS POLÍTICOS E MOTOCICLISTAS DE SÃO PAULO.

CARTA ABERTA AOS POLÍTICOS E MOTOCICLISTAS DE SÃO PAULO.

 

10013525_3909295747696_1310213011_n

CARTA ABERTA AOS POLÍTICOS E MOTOCICLISTAS DE SÃO PAULO.

PARTE 1 – Aos políticos.

Srs. e Sras. Deputados(as) Estaduais, Federais e Senadores,
No momento que o Sr.(a) estiver recebendo essa mensagem, todos meus contatos do meio motociclistico também estarão. São aproximadamente 1.200 entre e.mails e redes sociais, então perceba a abrangência do fato.
Nós, motociclistas do Estado de SP estamos sofrendo uma verdadeira caçada humana. Para termos nossas motos roubadas somos caçados em ruas, avenidas, rodovias, estando parados ou em movimento, chegando em casa ou saindo.
No Brasil, por ano são roubadas ou furtadas 80 mil motos. Nesses crimes 5% dos motociclistas são mortos ou feridos. Essa indústria do roubo É A TERCEIRA MAIOR INDÚSTRIA DE MOTOS DO BRASIL superando em 50% a soma das 4ª. e 5ª. colocadas. (Suzuki e Dafra).
Somos motociclistas profissionais,
de lazer, turistas. Usamos nossas motos para trabalhar, nos transportar ao trabalho ou escola, lazer, viagens. O que todos temos em comum é que a moto é fruto do nosso trabalho, do nosso suor e vieram muitas vezes por meio de infindáveis carnês norteados pelos juros mais altos do mundo, pagando junto com as motos os impostos mais altos do mundo, abastecemos com o combustível mais caro do mundo, pagamos o seguro mais caro do mundo. Por isso estou me dirigindo AOS POLÍTICOS MAIS CAROS DO MUNDO.
Eu sei que os Srs. não se preocupam com isso, estão empenhados apenas em suas reeleições. Dirão que isso não começou agora, é um conjunto de fatores, blá, blá, blá. Seus discursos nas campanhas de “Vou lutar por segurança, saúde e educação” até uma criança de 5 anos é capaz de decorar e dizer na frente de uma câmera de TV. Sinceramente, não me importo se os senhores tiveram ou não chance de fazer algo para resolver essa situação, agora terão. Até as eleições.
Então vamos para a segunda parte dessa carta que é bem mais interessante.

PARTE 2 – Aos Irmãos motociclistas.

Como o exposto acima é de conhecimento de todos, a pergunta é: até quando devemos tolerar isso? Vamos deixar isso acontecer e nós sermos as únicas vítimas? Quem deveria resolver essa situação parece não se importar desde que seus salários e benefícios legais – nem sempre morais – continuem sendo depositados em suas contas.
Então proponho que cada um de vocês que receberam essa mensagem, a reproduza, encaminhe à lista dos políticos fornecida e principalmente ENCAMINHE A TODOS SEUS AMIGOS E CONHECIDOS. Sugira a eles e, que eles sugiram a seus amigos, familiares e conhecidos para nas próximas eleições NÃO VOTAR EM NENHUM DESSES NOMES, independente de partidos, região, vertente, etc. Creio não ser difícil convencer pois são essas famílias que perdem seus filhos, pais e maridos nas mãos dos bandidos.
No estado de São Paulo somos 7 MILHÕES DE MOTOCICLISTAS, com média de 4 pessoas por família representamos 28 MILHÕES DE VOTOS, se conseguirmos mais alguns amigos e familiares de amigos passaremos de 30 milhões de votos negados a essa classe que deixou a situação chegar nesse ponto.
Simples assim, ou eles resolvem ou que voltem para de onde vieram, ou vão mesmo para o inferno!

Enviem email para pontocon@ymail.com (é Ymail mesmo, com Y) para eu lhes enviar a listagem com os emails dos políticos

Abraços fraternais,

PontoCon
Motociclista desde 1971

NOMES DOS POLÍTICOS A NÃO SEREM VOTADOS EM 2014:

SENADORES POR SÃO PAULO

Aloysio Nunes Ferreira
Antonio Carlos Rodrigues
Eduardo Suplicy

DEPUTADOS FEDERAIS POR SÃO PAULO

ALINE CORREA
ABERLADO CAMARINHA
ALEXANDRE LEITE
ANTONIO BULHÕES
ANTONIO CARLOS MENDES THAME
ARLINDO CHINAGLIA
ARNALDO FARIA DE SÁ
ARNALDO JARDIM
BETO MANSUR
BRUNA FURLAN
CÂNDIDO VACCAREZZA
CARLOS ROBERTO
CARLOS ZARATTINI
DELEGADO PROTÓGENES
DEVANIR RIBEIRO
DR. UBIALI
DUARTE NOGUEIRA
EDINHO ARAÚJO
ELEUSES PAIVA
ELI CORREA FILHO
EMANUEL FERNANDES
FRANCISCO CHAGAS
GABRIEL CHALITA
GUILHERME CAMPOS
GUILHERME MUSSI
HELCIO SILVA
IARA BERNARDI
IVAN VALENTE
JANETE ROCHA PIETÁ
JEFFERSON CAMPOS
JOÃO DADO
JOÃO PAULO CUNHA (PRESO)
JORGE TADEU MUDALEN
JOSÉ MENTOR
JUNJI ABE
KEIKO OTA
LUIZ FERNANDO MACHADO
LUIZA ERUNDINA
MARA GABRILLI
MARCELO AGUIAR
MÁRCIO FRANÇA
MILTON MONTI
MISSIONÁRIO JOSÉ OLIMPIO
NELSON MARQUEZELLI
NEWTON LIMA
OTONIEL LIMA
PASTOR MARCO FELICIANO
PAULO FREIRE
PAULO MALUF
PAULO PEREIRA DA SILVA
PAULO TEIXEIRA
PENNA
RENATO SIMÕES
RICARDO BERZOINI
RICARDO IZAR
RICARDO TRIPOLI
ROBERTO DE LUCENA
ROBERTO FREIRE
ROBERTO SANTIAGO
SALVADOR ZIMBALDI
TIRIRICA
VANDERLEI MACRIS
VANDERLEI SIRAQUE
VAZ DE LIMA
VICENTE CANDIDO
VICENTINHO
WALTER FELDMAN
WALTER IHOSHI
WILLIAM DIB

DEPUTADOS ESTADUAIS DE SÃO PAULO

Adilson Rossi
Adriano Diogo (3º. Mandato)
Afonso Lobato (3º. Mandato)
ALCIDES AMAZONAS
ALDO DEMARCHI (5º. Mandato)
ALENCAR SANTANA BRAGA
ALEX MANENTE – 2º. Mandato
ALEXANDRE DA FARMÁCIA
ANTONIO SALIM CURIATI – 8º. mandato
ANTONIO MENTOR – 4º. Mandato
Ana do Carmo – 3º. Mandato
ANDRÉ SOARES
ANALICE FERNANDES – 4º. mandato
ANA PERUGINI – 2º. Mandato
André do Prado – 2º. Mandato
BALEIA ROSSI – 2º. mandato
BARROS MUNHOZ – 4º. Mandato
BETH SAHAO
BETO TRICOLI
CAMPOS MACHADO – 6º. mandato
CARLÃO PIGNATARI
CARLOS BEZERRA – 4º. mandato
EDMIR CHEDID
EDSON FERRARINI
Carlos Cezar
Carlos Giannazi
Carlos Neder
Cauê Macris
Célia Leão – 6º. mandato
Celino Cardoso – 5º. mandato
Celso Giglio – 3º. mandato
Chico Sardelli
GILSON DE SOUZA
Dilador Borges
Dilmo dos Santos
Ed Thomas 2º. mandato
Edmir Chedid 5o. mandato
Edinho Silva
Edson Ferrarini 7º. mandato
Enio Tatto 3º. mandato
Estevam Galvão 2º. mandato
Feliciano Filho
Fernando Capez
Francisco Campos Tito
Geraldo Cruz
Gerson Bittencourt
Gilmaci Santos 2º. mandato
Gilson de Souza 3º. mandato
Hamilton Pereira 5º. mandato
Hélio Nishimoto 2º. mandato
Heroilma Soares
Isac Reis
Itamar Borges
João Caramez 4º. mandato
João Paulo Rillo
Jooji Hato
Jorge Caruso 4º mandato
José Bittencourt 3º. Mandato
José Zico Prado 6º. Mandato
Leandro Klb
Leci Brandão
Luciano Batista
Luiz Carlos Gondim
Luiz Claudio Marcolino
Luiz Moura
Marco Aurélio
Marcos Martins 2º. Mandato
Marcos Neves
Marcos Zerbini
Maria Lucia Amary 3º. Mandato
Mario Bragato (está no 8º. Mandato, 32 anos)
Milton Leite Filho
Milton Vieira (4º. Mandato)
Olimpio Gomes
Orlando Bolçone
Orlando Morando (3º. Mandato)
Osvaldo Vergínio
Pedro Tobias (4º. Mandato)
Rafael Silva (4º. Mandato)
Ramalho da Construção
Regina Golçalves
Reinaldo Alguz
Rita Passos
Roberto Engler (6º. Mandato)
Roberto Massafera (2º. Mandato)
Roberto Morais (4º. Mandato)
Rodrigo Morais
Rogerio Nogueira
Roque Barbiere
Rui Falcão (4º. Mandato)
Samuel Moreira
Sebastião Santos
Telma de Souza
Ulysses Tassinari
Vanessa Damo
Vitor Sapienza (7º. Mandato)
Welson Gasparini

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.