Perfil e competência do Gerente nas organizações contemporâneas no Brasil

O gerente de hoje segundo estudos do CFA – Conselho Federal de Administração, o
perfil  é composto das seguintes características abaixo:

  • Maioria do sexo masculino, casado e sem dependentes;
  • Está na faixa etária de até 30 anos;
  • É egresso de Universidades particulares;
  • Possui especialização em alguma área de Administração;

O mercado atualmente demanda as seguintes competências e habilidades de nossos gerentes:

Criatividade x Perspicácia, Visão globalizada de mercado e sistémica de sua instituição, credibilidade, poder de persuasão e convencimento, adaptabilidade ou flexibilidade às mudanças, previsibilidade, autodidatismo, proatividade, responsabilidade social, estrategista, pensamento analítico, ouvinte, formador de equipes, orientador/treinador de profissionais e uma excelente gestão de pessoas.

Essas são as competências triviais de um gerente nos dias de hoje exigidas para assumir tais atribuições/tarefas: Deve planejar o trabalho; conhecer os meios de melhorar métodos; obter e verificar índices de desempenho; controlar as operações e processos para que esses índices sejam iguais aos estabelecidos nos planos; controlar a quantidade e qualidade; tirar o máximo de proveito de métodos,
técnicas e recursos; deve conhecer e atender a organização; conhecer o pessoal do seu departamento; conhecer e dar a conhecer as práticas e normas administrativas da organização; controlar e reduzir os custos; ter habilidade para transformar e inovar idéias; ser receptivo às modificações; ter independência de julgamento; deve exigir o cumprimento das regras e normas da organização; manter a disciplina; atender e prevenir as reclamações e queixas; conhecer bem a natureza de seus colaboradores; fazer respeitar e cumprir as
normas; preocupar-se com o bem estar pessoal; estimular e reconhecer os esforços extraordinários e os trabalhos bem executados; educar os colaboradores.

O gerente deve possuir todas as competências acima, ou seja, ser qualificado. Foi-se o tempo que empresas familiares, no qual assumia o papel de gerente apenas pelo fato de ser parente de sócios ou diretores da empresa. O mercado está cada vez mais globalizado e competitivo. Cabe ao futuro gerente preparar-se cada vez mais e expandir sua rede de contatos (networking). Além de todo o preparo, é importante uma gestão de pessoas refinada, pois o gerente lhe dá diretamente com pessoas e saber liderar grupo de pessoas para atingir o objetivo em incomum da organização é primordial para o sucesso da equipe e por consequência da organização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.