Demitido funcionário do Google que vazou e-mail sobre aumento.

Vazou, tá fora!

Sites internacionais divulgaram nesta quinta-feira (11) que o Google teria demitido o funcionário que vazou um e-mail sobre o aumento aos 23 mil funcionários da companhia em 2011.

O e-mail confidencial, enviado pelo CEO do Google, Eric Schmidt, na terça-feira (9), teria sido enviado para o site “Business Insider” e para a revista “Fortune”. Algumas horas depois, o

Google anunciou que o funcionário responsável pelo vazamento tinha sido demitido.

Segundo o jornal britânico “The Guardian”, o Google não confirmou a saída do funcionário, apenas disse que “como a empresa não comenta assuntos internos, a companhia acredita que os planos de remuneração competitiva são importantes para o futuro do Google”.

O site “Business Insider” publicou nesta quarta-feira (10) que o Google vai conceder um reajuste de 10% no pagamento de seus funcionários no início do próximo ano. O site também informou que a empresa dará aos funcionários bônus de fim de ano de US$ 1 mil.

One comment on “Demitido funcionário do Google que vazou e-mail sobre aumento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.