Ampliação do estacionamento prevê ”bolsões” para moto. Porém, Cumbica barra motos.

A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) afirmou, em nota, que o projeto contempla bolsões específicos para motos. No entanto, esses espaços não serão automatizados porque a pesquisa sobre a viabilidade econômica do empreendimento concluiu pela não utilização do sistema automatizado, neste caso, decorrente dos altos custos de implementação do sistema diferenciado necessário para motos em relação ao retorno dos usuários.

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) afirma que há três opções de estacionamento para motos para quem vai ao aeroporto: 150 vagas  ao lado do estacionamento principal, 35 no terminal de cargas e 33 no bolsão 3 do estacionamento.

Porém um dos motivos para a inexistência de vagas e estacionamento automatizado para motocicletas é que o seguro não cobre o roubo de motos no local. A mesma justificativa é dada por dois estacionamentos vizinhos a Cumbica, que só aceitam quem chega de carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.